terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Fico pasma...

Agora estava a ver o concurso da TVI da Cristina Ferreira, o concorrente que estava a responder era um jovem que estava a fazer um mestrado de criminologia, o outro jovem era operador de telecomunicações veio cá para baixo recolher prémios. A primeira pergunta que normalmente é a mais fácil era "Qual das seguintes expressões significa  "Adeus" 
respostas :

A- KALASHNICOV
B- ARRIVEDERCI
C- COCHE
D- CONCIERGE

Agora pasmem ele não sabia a resposta, e não sabia o que queria dizer cada uma das respostas, eu  o meu marido e o meu filho ficámos de boca aberta, incrédulos. A Cristina Ferreira é que teve de lhe dar a resposta disfarçadamente...Irritou-nos a ignorância dele, a sério? E isto foi com a maioria das perguntas que o outro que estava em baixo sabia quase todas as respostas. Estes jovens não têm cultura nenhuma, certo? mas está a fazer um mestrado...

E foi isto o mais engraçado do meu dia, hoje sem a casa a tremer, mas também saí de casa bem cedo, fui até à mãe, que não estava nos seus melhores dias, estava um pouco embirrenta, só ela é que sabe, e como ela diz é que é,  fiz o que tinha a fazer e vim embora, puxa sai de perto em dias assim, eh, eh, eh!
A tarde foi por casa  a fazer coisas e coisas boas!!!

Resultado de imagem para concurso apanha se puderes

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Nova semana...

E o frio continua, apesar de eu não ter muito que me queixar, ainda hoje só me levantei ás nove e meia, ah pois, para quê mais cedo. Hoje fiquei por casa a fazer algumas coisas e a ver tv. Ás 11 da manhã sentei-me um pouco no sofá e iniciei um filme que tinha dado no Hollywood, tv com o som baixinho, e o computador no colo, janela aberta e o sol invadia toda a sala, que bem que eu estava, de repente o sofá começa a abanar para a esquerda e a direita, o móvel da sala a mesma coisa, ouço as paredes parecia que escorriam areia, aquele barulho de areia a cair em cima de algo, olho para todo o lado e penso isto é um tremor de terra ou eu estou maluca de vez. Os balanços param, vou á janela ver se vejo alguém na rua, ou se alguém se queixa de algo, mando uma mensagem ao meu marido as 11:52 a saber se ele tinha sentido e se estava tudo bem, não me responde, ligo ao meu filho ia a conduzir, não deu por nada. Por instantes pensei, estarei mesmo louca? Mas um conhecido do facebook questiona alguém sentiu ou fui só eu, ah afinal há mais, e de repente começa tudo a queixar-se, nada na tv, só no facebook lá aparece a noticia sismo magnitude 4.9 com epicentro em Arraiolos.
Fiquei em pânico, o que deveria fazer? durante a meia hora seguinte fiquei preocupada com possíveis réplicas, assustada, mas graças a Deus, tudo bem. Já é a segunda vez na minha vida que sinto um sismo, mas desta vez assustou-me muito porque foi forte a sensação de tudo a abanar, não quero repetir.
O dia transformou-se para mim, num dia triste, a fragilidade da nossa vida, deixou-me cada vez mais com a certeza de "um dia de cada vez, o melhor que posso". Depois soube que aqui uma senhora que conheço há muitos anos, uma enfermeira, D.Isaura morreu a semana passada, eu tinha estado na semana anterior na papelaria com ela e com a Sr. da papelaria numa conversa animada. Ontem morreu uma moça de 36 anos, cujo acidente deu na tv uma ultrapassagem de outro carro que a abalroou, estando ela gravida e com ela a mãe e a filha de sete anos. Tiveram de lhe fazer o parto, bebe na incubadora, ela uma perna partida e a mãe um pé. Ela veio para casa que aparentemente estava bem, mas parece que uma costela lhe fez uma perfuração num pulmão, foi novamente para o hospital, entra em coma, cérebro sem oxigénio, desligaram as máquinas ontem. Só desgraças.
Como é que não hei-de ser optimista? Só tenho de o ser, porque a vida tem de ser aproveitada ao máximo, temos de estar bem a qualquer momento, tenho passado o dia a agradecer estar bem, juro.


APROVEITEM A VIDA!!!

domingo, 14 de janeiro de 2018

Domingo calmo...

Acordámos todos cedo, tomámos o pequeno almoço e fomos os três dar uma caminhada, soube bem, apesar de eu acordar com uma dor numa perna, mas depois da caminhada tomei um comprimido e passou, era muito incomodativa, até aos tornozelos. Depois fiz almoço, e fomos a casa da minha mãe e levámo-la a casa dos meus sogros, estivemos todos juntos no café e acabámos a beber um chá porque estava imenso frio. Deixei a mãe em casa e vim fazer o jantar, enquanto fazia tempo para o jantar fiz um bolo de uma receita que vi no facebook, bolo de leite condensado cozido. Depois fiz um belo risotto de cogumelos.
Neste momento estamos super satisfeitos, risotto, queijo mozarela e de sobremesa o bolinho, não sei se estão a ver como gostamos de comer bem cá em casa.






Neste momento o filho foi para o anexo com os amigos e levou quase o bolo todo...
Acho que logo, aí por volta das 22.30 já não há...
Juro que nunca vi uma casa assim, comilões...ah e como o risotto não é suficiente faço sempre umas tirinhas de febras como se fossem pica-pau para eles acompanharem...
Boa semana a todos
SEJAM FELIZES!!!


sábado, 13 de janeiro de 2018

Sábado fácil...

E ontem à tarde fui para Lisboa ter com as minhas amigas para o nosso jantar de Natal, atrasado por algumas incompatibilidades de dias, mas ontem ás seis horas estava no Saldanha para irmos à hamburgueria do Honorato. Vi uma série de colegas de trabalho, que disseram ter saudades, não sei se era verdade ou não mas foram bons os abraços que demos. Por volta das sete e pouco já estávamos todas juntas, felizes pelo reencontro, adoro estas miúdas, sabe tão bem estar juntas, a conversa flui naturalmente, os desabafos sabem bem, enfim quando demos conta os maridos chegaram para nos levar. Repetiremos no próximo mês, sem dúvida o melhor dos nossos dias.
Best Friends Forever (BBF)














Não vejo a hora do próximo!!!

Hoje o dia amanheceu chuvoso, mas com sol, levantei-me e como não podia fazer barulho em casa, filho dormia, marido foi fazer uma prova dos Randonneurs Portugal de 220 km portanto só chegaria ao final do dia, fui para a minha mãe. Fomos as duas ao supermercado, depois almoçamos e fomos ao café onde estivemos um pouco na conversa com algumas vizinhas.
Desfiz a árvore de Natal, limpei-lhe a sala, tudo arrumadinho até para o próximo Natal.
Depois ainda fiz as minhas compras ela fez canja para nós e vim para casa por volta das cinco e meia da tarde, com a canja de galo, o próprio do galo que tinha sido morto no Natal e estava à espera de uma oportunidade para ser cozinhado, foi hoje.
Fui para a sala liguei o aquecedor e esperei pelo marido. Lá chegou ele, feliz da vida por mais uma conquista.




Ando há uns dias a sofrer quando vou para a cama com os pés gelados, falei toda a semana num saco de água quente, precisava de comprar um, estou mesmo noutra etapa da vida, hoje foi o dia de o comprar, acho que o vou estrear para ver se resulta.


Como podem ver eu tenho tudo para ser feliz, certo?
Aproveitar todos os bons momentos da nossa vida por mais simples que possa ser!
Aproveitem a vida que ela passa num abrir e fechar de olhos!
SEJAM FELIZES!!

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

As palavras

de um amigo de longa data que sabendo que eu não tenho andado muito bem, caíram-me muito bem, fazendo com que desde ontem eu tenha andado a pensar nelas:

*********************************************************************************

" Abre os olhos...sim tu...

 Não sejas alguém que não conhece o sabor da vida e quem se refugia num canto e quando o mundo é uma longa e larga estrada à espera de ser desbravada. Não, não sejas aquela pessoa que olha apenas com saudade para aqueles tempos mais felizes.

Porque razão não te poderás reinventar e começar do zero?

Uma vez alguém me disse que os nossos limites estão na nossa cabeça. E digo-te que sim, que vale a pena. Eu próprio já me reinventei.

Não penses que escrevo estas linhas sem saber o que são os momentos difíceis. É claro que também passei (e passo) por eles. Mas eu procuro sempre a vida. Escuta não é por te teres ido abaixo quando tudo está mal que as nuvens se irão dissipar.

Abre os olhos e vê que há mais vida lá fora. Começa devagar, sempre ao teu ritmo. Pensa no que realmente amas fazer.

Terás ai um principio.

Acredita em ti."

*********************************************************************************

Meu amigo CARPE DIEM TO ME tu já me conheces há alguns anos, efectivamente eu andei um pouco perdida e por vezes ainda tenho algumas dúvidas, saudades do que tinha, já não tenho, o problema foram as mágoas que me deixaram, mas eu já as coloquei de lado. Andei e fui muito feliz a trabalhar no call center, sempre disse que tinha muito jeito para aquilo. Aguentei firme 4 anos, mas agora cansei... fiquei em casa, esgotada. Agora estou a ponderar voltar, até porque o meu contrato acaba em breve. E como tu me dizes há mais vida lá fora, e há coisas que eu adoro, por exemplo eu adoro estar em casa, ir ajudar a minha mãe, fazemos sempre coisas diferentes e estar com ela nesta altura da vida dela é muito bom para mim, ponderei tudo isto por pouco dinheiro ou menos dinheiro ainda, mas sabes a que conclusão tenho chegado? O dinheiro, basta-me o essencial para viver, porque para ser feliz preciso de outras coisas. Mas como ainda estou em tratamento, vamos aguardar com serenidade, depois, depois veremos o que fazer. Para já vamos ao meu ritmo calmo e tranquilo.

Obrigada por estares comigo neste momento de indecisões, que estão muito mais claras agora.

Houve um Sr. no teu blog que disse não gostar  do " fado do coitadinho" já vimos que ele tem uma vida estável sem se reinventar, óptimo para ele, eu não sou coitadinha nem nunca fui, sempre soube o que queria e tenho-o sempre conseguido, ser e estar feliz o melhor que sei e posso, mas infelizmente ás vezes não depende só de mim..."queixume para quê?" Exacto para quê. Problemas são oportunidades de seguirmos em frente, é uma questão de as aproveitarmos bem!

Vamos lá ser Felizes meu amigo Carpe!



IMPORTANTE

2018


E SE EU DECIDI, ESTÁ DECIDIDO, OK???
ENTÃO VAMOS LÁ TODOS AJUDAR
OK UNIVERSO???


quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Noticias...

Amigos estou melhor, só como torradas e chá mas não voltei ao wc...não me sinto muito bem, mas vou fazer por isso, até porque o fundamental da minha vida neste momento, além da saúde, é estar feliz!
Até logo!!!


quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Ele acontece cada uma...

Hoje resolvi que com chuva ou sem chuva ia até à piscina nadar um pouco sendo que como depois estava perto de Vila Franca de Xira iria ao Registo Civil buscar o meu cartão de cidadão, uma vez que lá tinha ido no dia 29 de Dezembro pois já tinha a carta, mas cheguei lá e ainda não tinha o cartão. E se assim pensei hoje ao acordar melhor o fiz, fui para a piscina, que não tinha a água muito quente, nadei, diverti-me a ouvir a musica da hidroginástica, mas para ai aos 45 minutos de andar por lá a nadar deu-me uma dor de barriga que eu pensei poder aguentar, mas a dor tornou-se tão constante que tive de sair, fui a correr para a casa de banho e para sair de lá, nem vos digo nada, uma diarreia tal e umas dores de barriga. Bom lá consegui, tomar o meu duche, sair e ir até vila Franca estacionar e se necessário fosse ia à casa de banho lá do registo. Mas a coisa correu bem, fui rapidamente atendida, e lá trouxe o meu novo cartão de identificação. Meto-me no carro e decido parar no Lidl para comprar pão e outras coisinhas necessárias, mas a meio das compras tenho de sair a correr e procurar uma casa de banho, a loucura total. Volto novamente pago as compras e venho rápido para casa, pouso tudo e lá vou outra vez...marido já foi à farmácia, agora vamos ver...comemos tudo igual cá em casa, não sei o que terá sido...
Vou deitar...pode ser que emagreça...mas dói...


SEJAM FELIZES!!!




terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Da chuva...

Queremos sempre ter um dia como o de hoje em casa, a ver e a ouvir chover, e tenho-o hoje só para mim, não me mandem para a rua, já fui de manhã à Psicóloga, soube tão bem a nossa hora de conversa. Tenho coisas para fazer na rua, mas de certeza absoluta hoje não é o dia. Estar de baixa trás alguns problemas, estar doente, embora possa não parecer, menos dinheiro, idas constantes ao médico, medicamentos, mas o bom é podermos aproveitar alguns dos momentos bons da vida como o dia de hoje. mas espero que amanhã esteja melhor, quero ir à rua.


Tentem fugir do frio e da chuva, arranjem um sofá e uma mantinha!
SEJAM FELIZES!!!

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

D'hoje

E hoje foi um dia muito bom, daqueles que passo em casa da minha mãe e que a boa disposição é muito boa, até as vizinhas por lá apareceram e rimos e conversámos, especialmente a vizinha Luisa, o que nós rimos e conversámos. Banco, farmácia, comer das galinhas e supermercado. Tudo feito. Eu levei cá de casa para irmos trabalhar no fogão de lenha uma pá de porco e uns rolinhos que compro no talho do Continente "paupiettes" que adoramos, especialmente o João. Ao meio dia acendemos, a mãe claro, o fogão pusemos os tabuleiros e aquele fogão é maravilhoso em pouco tempo assou a carninha, enquanto isso nós apanhámos sol e demos à lingua e trocámos informações e conhecimentos, a vizinha Luisa até é uma pessoa informada.lema  O problema é que ela sofre há já muitos anos de uma depressão e tem dias em que nem a vimos , dias em que ela está como eu de vez em quando, sem vontade de falar com ninguém e só está bem deitada, entendo-a.





Foto de Ricardo Moreira.
E a Boneca, claro!!!
Depois lanchámos um belo chá de erva príncipe e umas broas ainda do Natal, vim para casa ás cinco horas quando o sol deu lugar ao frio!
Mas ainda tive tempo de finalmente ir aos correios enviar duas lembrancinhas para duas amigas com as quais eu estava em divida desde antes do Natal!
Sejam felizes e que todos os dias sejam bons por algum motivo!

domingo, 7 de janeiro de 2018

Perdoar eis ou não a questão...

Podia orgulhar-me até há alguns anos atrás de ser uma pessoa que me dava bem com toda a gente e não guardava rancores de ninguém, mas infelizmente as coisas acontecem e ás vezes tornamo-nos também rancorosas, foi precisamente isso que me aconteceu. mas hoje pela manhã na rádio e não sei qual era o posto, nem qual era o programa dizia-se que hoje era dia de perdoar e que devíamos perdoar. depois dei por mim a pensar nas pessoas e nas origens desses rancores, e se deveria ou não perdoar. Mas porquê que devo perdoar pessoas que me irritaram, me fizeram sofrer por mentiras (que eu abomino a mentira, odeio mesmo), por me tratarem mal, por me fazerem sofrer sem razão? Até porque essas pessoas nunca me pediram perdão, nem desculpa, nem reconheceram que mentiram, me fizeram mal ou me fizeram sofrer. Que se lixem, sejam felizes e esqueçam-me, mas o nosso destino irá fazer um dia com que nos voltemos a cruzar e depois veremos, já me aconteceu, alguém que muito me magoou e depois quis o destino que nos cruzássemos e que ela tivesse que baixar a cabeça.
Outra coisa que detesto são pessoas por exemplo, que  têm duas amigas, elas zangam-se e esta pessoa toma partido de uma sem saber os motivos da outra e acusa-a desde logo com palavras ofensivas. Eu jamais faria isso. Portanto são poucas pessoas das quais não perdoou atitudes, vivo muito bem assim, tenho pena, especialmente de uma que tinha em mim a melhor amiga que podia ter, mas mentiras e enredos de novelas, não. 

Resultado de imagem para perdoar ou não

Peso? eu aguento e serve para não fazer o mesmo!
Aprendemos com os nossos erros, certo?

Domingo!

E lá fomos almoçar à mãe, eu fui primeiro ajudar a mãe os rapazes, marido e filho, foram um pouco mais tarde. Tanto comer, um pouco de quase tudo e já é demais. Agora à noite só uma sopinha e o pior de tudo, um pãozinho integral com carne e enchidos...sou uma desgraça total...
Mas como tem estado muito frio, passei a ferro à tarde, aqueci um pouco, agora tenho andado a vegetar aqui pela net. Amanhã vou passar o dia na mãe, vou aproveitar o fogão de lenha e fazer carnes assadas para as refeições de segunda e terça.
Hoje senti-me um pouco melhor, nada como um dia atrás do outro e nada dura para sempre!




Um cozido à portuguesa simples!
O marido, esse andou toda a manhã de bicicleta com os seus amigos hoje havia uma concentração de bicicletas no alto do Montejunto com oferta de bolos, ora eles são uns gulosos não podiam perder esta oportunidade...
o meu marido é o da esquerda, barba maior que a dos outros, que está a olhar para baixo, diz ele que não gosta de tirar fotos, ah, ah, ah!



 Enquanto isso eu estendia e ajudava a mãe com o almoço...
Acho que vou começar a andar de bike...
Até amanhã, SEJAM FELIZES!!!

sábado, 6 de janeiro de 2018

Esta noite...

foi uma noite muito difícil, dormi das onze até ás duas da manhã, acordei e nunca mais dormi, até que às quatro levantei-me, vim arrumar a cozinha, tirar louça da máquina, limpar a bancada, beber um chá, vim para a sala arrumar papéis, separar os da mãe dos meus e do filho, enfim, ás sete tocou o despertador do marido, foi andar de bicicleta, ele saiu às sete e meia e eu deitei-me um pouco adormeci até às 10:30, sempre a sonhar...Levantei-me, tomei um banho e iniciei o almoço, chegou o marido, almoçamos e saímos para ver as mães, depois ainda fomos ao supermercado, não há um dia que não vá ao Continente, irra há sempre algo que faz falta. Voltámos à mãe que amanhã o almoço é lá e faltavam umas coisas para o cozido à portuguesa. Para quem queria iniciar um plano alimentar é óptimo, não é? Que se lixe, vai saber bem, como estou tão em baixo...
Agora sinto-me um pouco melhor.
Feliz dia dos Reis para todos!!




SEJAM FELIZES!
(Eu estou numa fase complicada, mas vou melhorar!)

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Hoje não deu...

para fazer a minha caminhada, chovia e estava frio, não me apeteceu ir à aventura com um dia assim,fiquei por casa. Não fiz nada, a não ser ver um filme.
Ao almoço chateei-me com o meu filho, que me estragou o resto do dia. Quando eles são pequenos, um castigo, uma palmada, um puxão de orelhas e tudo se resolvia, mas quando eles crescem e têm 23 anos, já trabalham e acham que sabem e podem tudo, a coisa fica mais difícil. Mas a vida é assim, há que saber viver assim, eu dou importância demais aos outros, até ao meu filho, deixo que as vontades dele se sobreponham às minhas, depois não me posso queixar.
O que aprendi hoje, pensar mais em mim, lembrar da célebre frase "os filhos não são nossos são do mundo" eu já ensinei o que podia agora as atitudes são dele, eu sou só a "chata e ruim que só faz porcarias".
Estou triste...

" A vida é breve, mas cabe nela muito mais do que somos capazes de viver!"

Amanhã será sem dúvida um dia melhor!
SEJAM FELIZES