sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

As palavras

de um amigo de longa data que sabendo que eu não tenho andado muito bem, caíram-me muito bem, fazendo com que desde ontem eu tenha andado a pensar nelas:

*********************************************************************************

" Abre os olhos...sim tu...

 Não sejas alguém que não conhece o sabor da vida e quem se refugia num canto e quando o mundo é uma longa e larga estrada à espera de ser desbravada. Não, não sejas aquela pessoa que olha apenas com saudade para aqueles tempos mais felizes.

Porque razão não te poderás reinventar e começar do zero?

Uma vez alguém me disse que os nossos limites estão na nossa cabeça. E digo-te que sim, que vale a pena. Eu próprio já me reinventei.

Não penses que escrevo estas linhas sem saber o que são os momentos difíceis. É claro que também passei (e passo) por eles. Mas eu procuro sempre a vida. Escuta não é por te teres ido abaixo quando tudo está mal que as nuvens se irão dissipar.

Abre os olhos e vê que há mais vida lá fora. Começa devagar, sempre ao teu ritmo. Pensa no que realmente amas fazer.

Terás ai um principio.

Acredita em ti."

*********************************************************************************

Meu amigo CARPE DIEM TO ME tu já me conheces há alguns anos, efectivamente eu andei um pouco perdida e por vezes ainda tenho algumas dúvidas, saudades do que tinha, já não tenho, o problema foram as mágoas que me deixaram, mas eu já as coloquei de lado. Andei e fui muito feliz a trabalhar no call center, sempre disse que tinha muito jeito para aquilo. Aguentei firme 4 anos, mas agora cansei... fiquei em casa, esgotada. Agora estou a ponderar voltar, até porque o meu contrato acaba em breve. E como tu me dizes há mais vida lá fora, e há coisas que eu adoro, por exemplo eu adoro estar em casa, ir ajudar a minha mãe, fazemos sempre coisas diferentes e estar com ela nesta altura da vida dela é muito bom para mim, ponderei tudo isto por pouco dinheiro ou menos dinheiro ainda, mas sabes a que conclusão tenho chegado? O dinheiro, basta-me o essencial para viver, porque para ser feliz preciso de outras coisas. Mas como ainda estou em tratamento, vamos aguardar com serenidade, depois, depois veremos o que fazer. Para já vamos ao meu ritmo calmo e tranquilo.

Obrigada por estares comigo neste momento de indecisões, que estão muito mais claras agora.

Houve um Sr. no teu blog que disse não gostar  do " fado do coitadinho" já vimos que ele tem uma vida estável sem se reinventar, óptimo para ele, eu não sou coitadinha nem nunca fui, sempre soube o que queria e tenho-o sempre conseguido, ser e estar feliz o melhor que sei e posso, mas infelizmente ás vezes não depende só de mim..."queixume para quê?" Exacto para quê. Problemas são oportunidades de seguirmos em frente, é uma questão de as aproveitarmos bem!

Vamos lá ser Felizes meu amigo Carpe!



2 comentários:


  1. Nunca percas o teu sorriso, a fé e a esperança! bjos doces! bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada. Eu sou por natureza uma pessoa bem disposta e optimista, tive alguns contratempos que me deitaram abaixo, mas a recuperação está quase!!! Beijinhos Mel

      Eliminar